Conteúdos


O impacto da COVID-19 nas transações de M&A no Brasil

Há umas poucas semanas, escrevi um artigo enaltecendo o brilhante e histórico ano de 2019 em número de transações que nosso país apresentou, superando a barra de 1.200 transações. Fiz inclusive previsões que 2020 deveria ser um ano até melhor uma vez que as perspectivas que se apresentavam eram bem interessantes. Porém, estou revisando minhas projeções. Não vou me atrever a estimar um número de transações para este ano pois qualquer esforço seria em vão e desrespeitoso com a calamidade pública em que nos encontramos mas tenho certeza que este ano será muito distinto de qualquer expectativa que pudéssemos fazer.
As notícias mundo afora são aterrorizantes: pandemia, mortes, quarentena, isolamento, suspensão do convívio social, fechamento de aeroportos, fronteiras, etc, sem falar nos diversos impactos negativos sobre a economia de uma forma geral. Atentando para questões nacionais somente, temos: fechamento de escolas, shoppings, varejo, hospitais com capacidade de atendimento duvidosa, abertura de leitos hospitalares em locais públicos (como o Pacaembu e o Sambódromo de São Paulo) e dai podemos calcular todos os impactos na economia: certamente muito desemprego e redução do PIB.
Neste breve resumo, a conclusão é uma só: o cenário turvou de uma maneira drástica. E cenários turvos e incertos são extremamente danosos para processos de M&A. O ato de comprar uma nova empresa implica diversas variáveis relevantes e tudo o que está acontecendo neste momento traz impactos negativos ou de incertezas portanto, muitas transações vão parar no meio. Não há como ser diferente.
Portanto, neste momento, para aqueles que tem negociações em andamento, muita atenção para as condições contratuais relacionadas às clausulas comuns entre assinatura de contratos e fechamento das operações. Àqueles que pretendem buscar uma transação em breve, analisem a sua condição e a de seus potenciais compradores. Para quem deseja um dia fazer uma transação, deixa a tempestade passar.
Por fim, cuidem das suas famílias, dos seus colaboradores, da sua saúde e muita paciência e resiliência pois o destino decidiu nos colocar diante da maior das verdades: a nossa fragilidade.
BOA SORTE!
 

Denis Salvador Morante
Senior Partner – Fortezza

Publicações Relacionadas

Entrevista com Leonardo B. Leite, senior partner do Almeida Advogados, sobre ESG – Meio Ambiente, Responsabilidade Social e Governança e seu impacto em transações de M&A

Leonardo B. Leite, sócio do escritório Almeida Advogados e especialista em Societário, M&A, Governança Corporativa,...

Pandemia e M&A: O que aconteceu em 2020 e o que está acontecendo em 2021

2020 foi, sem dúvida, um ano que marcou de forma perene a humanidade. Muitas transições, transformações, perdas, sacri...

SPACs: uma nova tendência chegando ao Mercado de Capitais Brasileiro

Desde 2020, temos visto a expressão SPAC aparecer em jornais de negócios brasileiros. Parece ser uma onda que começa a c...

© 2021 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
FORTEZZA PARTNERS - Website by: plyn!

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

    RUA JOAQUIM FLORIANO, 1.120 - 1° ANDAR, CJ. 11 - ITAIM BIBI - SÃO PAULO-SP, BRASIL
    CEP: 04534-004

    TEL. +55 11 4502-4463
    INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

      RUA JOAQUIM FLORIANO, 1.120 - 1° ANDAR, CJ. 11 - ITAIM BIBI - SÃO PAULO-SP, BRASIL
      CEP: 04534-004 - TEL. +55 11 4502-4463

      © 2021 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - FORTEZZA PARTNERS - Website by: plyn!