Conteúdos


Estudantes e Fortezza: que aproximação intensa!


No último dia 19 de Maio, a partir de um interessante convite, a Fortezza realizou uma aula para estudantes do InFinance, clube de finanças constituído por alunos de graduação do Insper – Instituto de Ensino e Pesquisa, sediado em São Paulo. Foram quase 2 horas em que tive a oportunidade de relatar àqueles jovens (mais de 30) sobre a minha carreira, desde meu ingresso na Universidade de São Paulo em 1992, incluindo o início de minha vida profissional em 1993 na Arthur Andersen, o início da minha travessia, que dura até hoje e provavelmente durará muitos mais anos, em Fusões e Aquisições em 1997, meu MBA entre 2001 e 2003, meu retorno ao Brasil em 2003, ingresso na Hedging-Griffo e sua área de Fusões e Aquisições no Private Banking, a venda de nossa empresa para o Credit Suisse e nossa transformação paulatina em Credit Suisse Hedging-Griffo, e finalmente, a minha jornada empresarial com a fundação da Fortezza Partners, com meus sócios Lucas e Daniel, em 3 de Julho de 2018. Enfim, foram muitos lances, viradas, resistência, persistência, resiliência, humildade, força motriz, motivação, foco, cair e levantar. Reviver todos estes momentos e transformá-los em ensinamentos, dicas, pontos de atenção e inspiração foi extremamente gratificante.
Além disto, falamos muito para todos eles o que é M&A, Fusões e Aquisições, o que fazemos, como fazemos, quais as características do profissional que buscamos, quais as rotinas diárias, as etapas da carreira, enfim, tentamos dar uma visão extremamente precisa e profunda para que eles possam se guiar neste momento de tantas opções, tantas aflições, alternativas e em que eles precisam de uma luz, uma guia que os permita escolher uma profissão, uma rota profissional. Neste momento, novamente, o coração bateu forte. Obviamente, transmiti a eles a paixão que tenho pela minha profissão e o quanto “paixão” é crucial. Tem como levantar todo dia cedo, aguentar jornadas extenuantes e longas de trabalho, desafios, sobes-e-desces, desilusões, frustrações, e mais, sem muita paixão e dedicação? Não tem. Definitivamente, mostrar a estes jovens que o dinheiro nunca vem e nunca virá em primeiro lugar. Se for o fator decisivo, algo está errado.
Apesar de termos usado recursos online e não termos estado olho-no-olho, as perguntas, alguns olhares em tela, etc, eram muito bacanas. Ao terminar a conversa com o InFinance, o meu sentimento de realização, de contribuição era enorme. E ao ouvir a palavra “inspiração”, daí diria que tinha fechado com chave-de-ouro. Saber que contar histórias e falar sobre o meu dia-a-dia poderia inspirar jovens foi “priceless”.
Concluída a aula, comecei a refletir sobre o valor daquela conversa e da oportunidade de troca com tantos estudantes ao mesmo tempo e veio a ideia de fazer mais, não parar. Em paralelo, surgiu o convite, ativo do IMT Finance, que é o clube de finanças do Instituto Mauá de Tecnologia. O Diretor que me procurou foi tão educado e interessado que topei na mesma hora para a semana seguinte. Mais uma vez, uma aula deliciosa, uma troca bacana, vívida, inspiradora para ambos lados. Em seguida, por convites e por oferta de nosso lado, falamos com o ITA, com a Liga de Mercado Financeiro da FEA-USP, clube de finanças da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da USP, com o EESC Finance, clube de finanças da Escola de Engenharia de São Carlos, da USP , com o PoliFinance, clube de finanças da Escola Politécnica da USP e com o GV Finance, clube de finanças da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Em resumo, falamos com mais de 250 jovens num período de um pouco mais de 30 dias. Obviamente, não carreguei o piano sozinho, participaram comigo meus sócios, Lucas Prediger e Daniel Gildin, minha sócia, Priscila Rosas e nossa analista, Yasmin Hund, e, a cada aula, mais experiências, mais sorrisos e mais inspiração espalhada por aí.
Novamente, como tudo o que fazemos na Fortezza, fomos intensos. Falamos com 7 instituições, mais de 250 alunos, tudo num curto espaço de tempo graças à tecnologia e ao tempo que, queira ou não, a pandemia nos disponibilizou uma vez que o mercado de M&A foi atingido e há neste momento uma clara redução de atividade. Usamos o precioso tempo para ficarmos próximos de jovens talentosos, em busca de conhecimento e direcionamento. Dividir com todos foi extremamente prazeroso e como todos disseram igualmente inspirador. Decisão tomada: faremos isto sempre, anualmente, pois estar sempre próximos aos futuros talentos de nossa indústria é importantíssimo e relevante.
Agradeço a todas e todos os estudantes que nos ouviram atentamente, fizeram perguntas, abrilhantaram a nossa trajetória com seus sonhos, ambições e planos. Estamos sempre à disposição, basta entrar em contato e estar pronto para a nossa intensidade.
 

Denis Salvador Morante
Senior Partner – Fortezza

Publicações Relacionadas

Com setor de M&A aquecido no Brasil, Fortezza Partners mira novos negócios de empresas familiares

Fortezza na mídia: Em matéria realizada para a Resumo Cast, Denis Morante comenta sobre as transações em que a Fortezza...

Dicas para o sell-side em M&A

Costumo dizer que um deal de M&A só se torna viável quando os dois lados, compradores e vendedores, se sentem um pouc...

Entenda os processos do mercado por trás de uma ‘fusão Spac’

Fortezza na mídia: Em matéria realizada por Iasmin Paiva para a Forbes Brasil, Denis Morante comenta sobre a fusão Spac ...

© 2021 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
FORTEZZA PARTNERS - Website by: plyn!

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

    RUA JOAQUIM FLORIANO, 1.120 - 2° ANDAR - ITAIM BIBI - SÃO PAULO-SP, BRASIL
    CEP: 04534-004

    TEL. +55 11 4502-4463
    INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

      RUA JOAQUIM FLORIANO, 1.120 - 2° ANDAR - ITAIM BIBI - SÃO PAULO-SP, BRASIL
      CEP: 04534-004 - TEL. +55 11 4502-4463

      © 2021 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - FORTEZZA PARTNERS - Website by: plyn!