logo fortezza
< Voltar

Conteúdos


Vida após a Venda: e agora, o que eu faço? Fusões e aquisições – M&A



 

Vendendo sua Empresa #5 – Vida após a Venda: e agora, o que eu faço?

Imagine o seguinte cenário você está no escritório de um advogado. Contratos prontos, champanhe gelada, assinatura celebrada. O brinde é feito, a comemoração começa e o dinheiro está na sua conta. Você vai se perguntar: e agora, o que eu faço? É sobre esse tema super interessante que a gente vai conversar aqui hoje no programa cinco do Vendendo sua Empresa. Eu sou Denis Morante, um apaixonado por fusões e aquisições, sócio fundador da Fortezza Partners, uma empresa muito além da transação. Nosso programa começa agora. Pessoal, a pergunta é: o que você vai fazer? Qual é o seu plano B? É uma pergunta que aparece para nós não só no dia da minha simulação, no dia da assinatura, no dia do dinheiro na conta, mas muito antes, quando o empresário nos procura, e u já mencionei para vocês, ele tem essa dúvida: Será que eu terei capacidade de fazer algo novo? O que eu vou fazer? Qual é o desconhecido que eu vou enfrentar?  

Muitas vezes eu noto que isso segura a decisão de vender a empresa. Faz com que a pessoa prorroga e prorroga e prorroga e talvez perca aquele tão precioso timing que a gente conversou num dos nossos primeiros programas. O timing é muito importante e isso não pode te impedir de avançar. Então, essa pergunta do plano B, ela é muito difícil por um motivo simples. T enho uma identificação tão grande com a minha empresa. Eu amo esse negócio, eu amo essas pessoas, eu amo esse setor. Gosto de ganhar dinheiro, sou bem sucedido. Como é que eu vou fazer com que tudo isso continue acontecendo num novo desafio, numa nova função, num novo papel? Uma pergunta a gente quase psicológica, vamos dizer assim. É uma pergunta que a gente vai se fazer olhando pro espelho, que a gente vai debater com amigos, debater com consultores, com aconselhador para poder chegar a uma resposta. Mas o principal dessa decisão, desse plano B, é ter coragem de olhar quais são as suas competências, o que você sabe fazer bem, o que você gosta de fazer e começar a transferir tudo isso para um novo papel.  

Porque a sua empresa precisa continuar andando e você decidiu que vai vendê- la. E a partir do dia seguinte você vai ter um novo desafio. Você já não vai ter mais aquela grande sala, aquela sala de canto. Você não vai ter mais aquelas secretárias que te atendem, talvez aquele motorista particular, o helicóptero, o jato, aquela importância, a agenda cheia de compromissos. Muitas vezes, em algumas empresas você é chamado de doutor, de senhor. Tudo aquilo vai embora de uma hora para outra, às vezes muito abruptamente.  

Mas você, Eu convido você para fazer um exercício, que eu farei também na minha vida e todos nós vamos fazer quando quisermos mudar de papel. Procure as suas competências, saiba o que você gosta de fazer e aplique tudo aquilo num novo papel, seja ele pessoal, terceiro setor, seja ele um papel familiar, seja ele um papel de educador ou de novo empresário numa nova empreitada, com novos sócios, tudo novo. Ou seja, procure uma nova realização, mas não faça com que a busca dessa nova realização seja um impeditivo do seu processo de venda.  

Para a gente não esquecer tudo aquilo que está sendo dito nos nossos programas, na questão do timing, na questão da oportunidade que se apresenta a você. Então pessoal, está feito aqui o desafio. Está feita a pergunta do plano B. Pense sobre isso desde o primeiro momento em que você começar a pensar sobre a empresa: Qual vai ser meu plano B? Muitas vezes a gente tem já um plano B em andamento. O que eu quero dizer com isso, à s vezes você já tem uma fazenda, você já cria gado, você já planta soja, já planta algodão, já planta eucalipto ou gosta de vinho e já tem uma vinícola. Pegue aquele seu passatempo, aquele seu hobby, aquela sua atividade paralela e de repente ela é a sua grande aposta para o plano B. Está feita aqui a recomendação do que vocês poderiam considerar como alternativas. Espero que esse nosso bate papo, foi o quinto bate papo do Vendendo sua Empresa, tenha ajudado você nessa questão bastante delicada. E no nosso próximo programa continuaremos a falar sobre as angústias e os paradigmas de quem passa pela venda de uma empresa. Muito obrigado e um abraço.  



Confira Episódios Anteriores




M&As DEVEM TER ANO EXPRESSIVO EM 2024

Em artigo exclusivo para o Valor Econômico, nosso sócio fundador Denis Morante fala sobre as perspectivas do mercado de M&...

Fortezza Partners foi assessora exclusiva da IMendes na transação com a e-Auditoria

Em agosto de 2022, a e-Auditoria, empresa que oferece soluções de última geração em compliance fiscal e recuperação tribu...

O potencial crescente da energia solar no Brasil

O mercado de fusões e aquisições (M&A) no Brasil tem sido palco de uma série de movimentações significativas nos últi...




INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

    RUA JOAQUIM FLORIANO, 1.120 - 2° ANDAR - ITAIM BIBI - SÃO PAULO-SP, BRASIL
    CEP: 04534-004 - TEL. +55 11 4502-4463

    © 2021 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - FORTEZZA PARTNERS - Website by: plyn!